Quarta, 22 de maio de 201922/5/2019
83 98876-3375​⁠​
Erro ao processar!
Erro ao processar!
POLÍTICA
MÉDICO LAMENTA SUCATEAMENTO DO HOSPITAL MATERNO DE BAYEUX
Dr. Francisco Macedo, usou seu perfil na rede social na manhã desta sexta-feira 01, e lamentou o sucateamento do Hospital Materno Infantil João Marsicano.
Revista Bastidores PB BAYEUX - PB
Postada em 01/06/2018 ás 17h53 - atualizada em 04/06/2018 ás 08h52
MÉDICO LAMENTA SUCATEAMENTO DO HOSPITAL MATERNO DE BAYEUX

INTERNET

O ex-vice prefeito do município de Bayeux, região metropolitana da grande João Pessoa, o médico Francisco Macedo, usou seu perfil na rede social na manhã desta sexta-feira 01, e lamentou o sucateamento do Hospital Materno Infantil João Marsicano.


Veja abaixo a postagem do médico Francisco Macedo  


CAOS EM BAYEUX - A LAMENTÁVEL SITUAÇÃO DO HOSPITAL MATERNO


Boa tarde a todos os amigos e amigas do Face. O caos que atinge Bayeux do ponto de vista administrativo mostra sua face mais cruel ao atingir os serviços de saúde. PSF´s sem equipamentos, materiais e profissionais, serviços sucateados e o descaso generalizado.


Hoje, precisamos, com tristeza, expor a situação lamentável porque passa o Hospital Materno. Quem procura a maternidade de Bayeux e lá se interna já sabe que deve levar a roupa de cama, pois a muitos meses se encontram em falta no serviço. Os que existem são poucos e já desgastados pelo uso e priorizados para o atendimento cirúrgico. A falta de medicamentos é uma praxe comum, sem contar com a falta de insumos básica como papel higiênico.


Mas será que pode piorar? Pode sim. Hoje a maternidade encontra-se praticamente fechada.Os profissionais que lá se encontram não podem exercer sua função na plenitude. Hoje estão em falta, desde o simples álcool e material de curativo como gaze, esparadrapo, etc até antibiótico oral.Isto acarreta na transferência das pacientes a outros serviços, negando o atendimento a quem dele precisa. O lixo hospitalar ha um longo período não e coletado, acarretando riscos. O hospital muitas vezes tem se valido da boa vontade de alguns profissionais que no plantão e na ânsia de não vê-lo parar fazem doações de material, mas isto não é o correto.


É preciso que o prefeito Noquinha e o Secretario de Saúde, Dr. Edvan, olhem com urgência para a maternidade. Este é um serviço publico imprescindível a cidade e não pode sofrer este sucateamento injustificável.


Esperamos contar com o apoio dos cidadãos na defesa deste serviço que e um patrimônio do município, composto por profissionais dedicados e abnegados e que não pode simplesmente ser esquecido ou abandonado.


O hospital materno é de Bayeux, é para as mães e os bebes da cidade e merece ser defendido. Solicitar mais uma vez ao prefeito e ao secretario de saúde que resolvam esta situação. A você, amigo e amiga, que cobrem ao prefeito, aos secretario, aos vereadores, uma solução para esta situação. Lembro: este hospital é seu.  Aos vereadores que cumpram seu papel constitucional ajudando e buscando soluções para este problema. Nos médicos e funcionários e, certamente, toda a população de Bayeux agradeceremos. Continuamos juntos!!! Dr Francisco

FONTE: Redes Sociais com Revista Bastidorespb
tags:
• cidade
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
503
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium