Quarta, 21 de novembro de 201821/11/2018
83 98876-3375​⁠​
Muito nublado
24º
30º
29º
Bayeux - PB
Erro ao processar!
Rádio Auge
POLÍTICA
Vereador cobra da Infraero responsabilidade por coleta e tratamento de lixo das aeronaves
Ele lembrou que os lixos dos aeroportos são considerados infectocontagiosos e têm que ser tratados e incinerados antes de ser-lhes dado um destino final.
Revista Bastidores PB BAYEUX - PB
Postada em 22/05/2018 ás 12h32 - atualizada em 24/05/2018 ás 10h29
Vereador cobra da Infraero responsabilidade por coleta e tratamento de lixo das aeronaves

Revista BastidoresPB

O vereador Adriano Martins (PMDB) solicitou à Secretaria de Infraestrutura do município de Bayeux, que deixe de fazer a coleta de lixo na Infraero, para que a empresa pública federal brasileira de administração indireta vinculada à Secretaria de Aviação Civil realize e trate o lixo das aeronaves.


Ele lembrou que os lixos dos aeroportos são considerados infectocontagiosos e têm que ser tratados e incinerados antes de ser-lhes dado um destino final. Adriano também requereu a adoção da medida em relação ao Condomínio Alphaville, onde a empresa tem que esperar por mais de trinta minutos para que o responsável venha abrir a caixa.


Custo elevadíssimo


“O nosso Município não tem que estar fazendo esse tipo de coleta, de custo elevadíssimo, nos dois locais”, afirmou. Através de outro requerimento em relação à coleta de lixo, encaminhado além da referida Pasta, à Secretaria de Meio Ambiente e órgãos de Vigilância Sanitária, o parlamentar solicitou o fim da colocação da caçamba estacionária e criação de ponto de lixo.


Segundo Adriano, o objetivo é diminuir o uso de caçambas estacionárias (containers) coletoras de entulhos em vias públicas, em razão do aumento do uso de caçambas estacionárias no município de Bayeux.


“As pessoas físicas ou jurídicas que necessitarem, temporariamente, depositar nas vias públicas entulhos ou resíduos provenientes de demolições ou da construção civil, só poderão fazê-lo por meio de caçambas estacionárias de empresas especializadas devidamente autorizadas, em conformidade com as normas ambientais vigentes”, justificou.

FONTE: Revista BastidoresPB
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium