domingo, 27 de maio de 201827/5/2018
83 98876-3375​⁠​
Parcialmente nublado
22º
22º
27º
Bayeux - PB
Erro ao processar!
POLÍTICA
CÂMARA MUNICIPAL APROVA VOTOS DE REPÚDIO A SARGENTO PM E A DEPUTADO FEDERAL
O requerimento em relação ao sargento Barlavento foi fundamentado nas ofensas verbais desferidas através das redes sociais contra os parlamentares, sobretudo Adriano do Táxi e França, chamados por ele nas redes sociais de “cagões” e corruptos.
Revista Bastidores PB BAYEUX - PB
Postada em 10/01/2018 ás 11h25 - atualizada em 10/01/2018 ás 11h31
CÂMARA MUNICIPAL APROVA VOTOS DE REPÚDIO A SARGENTO PM E A DEPUTADO FEDERAL

REVISTA BASTIDORESPB

A Câmara Municipal de Bayeux aprovou, à unanimidade e por maioria, respectivamente, votos de repúdio ao sargento PM Barlavento, segurança do prefeito Luiz Antônio e o deputado federal André Amaral (PMDB-PB), propostos pelos vereadores Nôquinha (presidente) e Betinho da RS.


O requerimento em relação ao sargento Barlavento foi fundamentado nas ofensas verbais desferidas através das redes sociais contra os parlamentares, sobretudo Adriano do Táxi e França, chamados por ele nas redes sociais de “cagões” e corruptos.


Agressão física    


Já o voto de repúdio proposto contra o deputado federal André Amaral decorreu da covarde agressão física por ele praticada no Plenário da Casa “Severaque Dionísio”, quando, ao ser ouvido pela Comissão Processante que apura pedido de cassação do prefeito Luiz Antônio, esmurrou no rosto o vereador Betinho da RS, integrante da Comissão.


Ao se revezarem na tribuna, os parlamentares lembraram do juramento feito na posse de defender o Poder Legislativo, reconheceram que ao assim agirem, Barlavento e André Amaral, de forma inadmissível, desrespeitaram e ofenderam os parlamentares e seus familiares.


Segundo entendeu a maioria dos vereadores, o cunho pedagógico das iniciativas se faz necessário, mesmo diante da retratação do deputado federal, que não apaga o violento gesto por ele praticado.


Outras providências


“Em nenhum momento eu desrespeitei ou ofendi esse cidadão, que em sua retratação, sequer me pediu desculpas”, reiterou o vereador Betinho da RS, confirmando que está tomando as providências judiciais cabíveis e também junto ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.


“Ontem fui eu, amanhã pode ser qualquer um de nós a ser covardemente agredido por outras autoridades municipais, estaduais ou federais. André Amaral não é digno de ser representante da nossa cidade”, concluiu.


 

FONTE: REVISTA BASTIDORESPB
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
254
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium