Quarta, 18 de outubro de 201718/10/2017
83 98876-3375​⁠​
Parcialmente nublado
22º
22º
27º
Bayeux - PB
dólar R$ 3,16
euro R$ 3,72
POLÍTICA
“NÃO IREI ME CURVAR\"; DIZ ADRIANO MARTINS APÓS NOVA DENÚNCIA CONTRA BERG LIMA
O parlamentar apresentou durante Sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (26), nova denúncia contra o prefeito afastado Berg Lima.
Revista Bastidores PB BAYEUX - PB
Postada em 26/09/2017 ás 17h53 - atualizada em 26/09/2017 ás 17h59
“NÃO IREI ME CURVAR\

Revista BastidoresPB

O vereador de Bayeux, Adriano Martins (PMDB) segue se destancando em Bayeux. O parlamentar apresentou durante Sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (26), nova denúncia contra o prefeito afastado Berg Lima. 


Desta feita, o vereador trouxe à tona o histórico de dois veículos aos quais chamou de ‘fantasmas’. Segundo o parlamentar, os automóveis não transitaram em Bayeux, não abasteceram, não prestaram serviço à Prefeitura, no entanto, foram atestados e pagos por secretários da Gestão Lima.


“Dois carros fantasmas que não rodaram na cidade, não abasteceram na cidade, mas que foram pagos, que foram atestados por secretários e coordenadores da gestão do prefeito preso e afastado por determinação da justiça, o senhor Gutemberg de Lima Davi”. Eu não poderia deixar passar em branco. Eu tinha sim que fazer essa denúncia, até porque eu investiguei”, afirmou o parlamentar.


A Câmara deverá solicitar documentação junto a Procuradoria e Controladoria do Munícipio para então, de posse dos documentos, tomar as providências cabíveis.


 “Embora esteja fazendo o meu papel de fiscalizador, me sinto triste ao apresentar essa denúncia, pois ao invés disso gostaria de dizer, não que houve mais esse caso de desmando na administração de Berg Lima, mas que dois novos carros foram comprados para servir ao povo de Bayeux”, disse Adriano ao falar do sentimento em apresentar mais uma denúncia contra a gestão Berg Lima.


O combativo vereador surpreendeu ao informar que decidiu solicitar investigação também sobre as administrações do Cemitério Municipal nos últimos 20 anos. Período este que inclui o tempo em que seu pai foi o administrador. O CANAL DO POVO questionou os motivos que o levaram a tomar tal decisão


“Porque as pessoas tentam criar histórias, criar fatos que fatos que não existiram, e o meu pai já foi diretor do cemitério e eles (o grupo ligado a Berg) tentam macular a imagem do meu pai. Então pra mostrar que o pau que bate em Chico, bate em Francisco, eu estou pedindo uma investigação, inclusive do meu pai. Por dois motivos: primeiro porque esse é o meu papel, independente dele ser o meu pai ou não; segundo, porque eu conheço o meu pai, ele é um homem de 67 anos, um homem de conduta ilibada, honesto, um cidadão ordeiro, incapaz de cometer qualquer injustiça. Por isso me sinto muito à vontade, meu pai também, com toda certeza, está em paz. Eu estou cumprindo meu papel e ele tem a vontade em contribuir, porque não fez nada de errado”. Disse Adriano.


O vereador concluiu dizendo que não irá se dobrar diante dos ‘politiqueiros’ que querem o pior para Bayeux e que enquanto parlamentar não pode permitir que “essas pessoas que estão a mando do grupo de Berg Lima venham denigrir, venham manchar o meu mandato e muito menos o nome da minha família”.


 


 


                 

FONTE: Por Ricardo CACO Pereira
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
345
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium