Quinta, 14 de dezembro de 201714/12/2017
83 98876-3375​⁠​
Parcialmente nublado
23º
23º
28º
Bayeux - PB
Erro ao processar!
CIDADES
A (I) MOBILIDADE URBANA DE BAYEUX
Há anos que o município vem enfrentando um verdadeiro caos no sistema de transporte público.
Revista Bastidores PB BAYEUX - PB
Postada em 05/09/2017 ás 22h38 - atualizada em 05/09/2017 ás 22h42
A (I) MOBILIDADE URBANA DE BAYEUX

Nilberlandio Silva  

O município de Bayeux, região metropolitana de João Pessoa, parece sempre ter padecido de gestores que estivessem atentos e comprometidos com questões tão essenciais no cotidiano de seus munícipes, como a mobilidade urbana, por exemplo.


Há anos que o município vem enfrentando um verdadeiro caos no sistema de transporte público. Mesmo com as melhorias conquistadas após uma longa luta cidadã, o transporte público está longe de ter qualidade, eficiência, continuidade e segurança.  O sistema requer melhorias como um todo, que vão desde a ampliação das linhas até a mudança na idade mínima dos ônibus. A cidade cresceu e o sistema permanece o mesmo.


O trânsito na cidade parece não fluir em alguns pontos, mesmo após a construção do binário na Avenida Liberdade que prometia resolver de uma vez por todas os pontos de congestionamento. O Departamento Municipal de Trânsito, DMTRAN, parece ser um órgão figurativo, não se nota uma atuação eficaz para solucionar esses gargalos.


Muitas cidades brasileiras estimulam o uso do transporte público de massa, trens e bicicletas na tentativa de reduzir o grande número de carros nas ruas e, assim, frear a emissão de gases poluentes, mas Bayeux parece não ter acordado para essa realidade.


Por toda a cidade existe apenas uma ciclovia que foi implantada recentemente, na via de acesso ao aeroporto internacional Castro Pinto, e que também parece ter sido construída sem muito planejamento. Não existe uma divisão por meio de obstáculos físicos entre a faixa que é destinada para os automóveis e a destinada aos ciclistas, o que pode facilmente contribuir para o acontecimento de acidentes.


É necessário que se amplie o número de ciclovias, facilitando a locomoção por toda a cidade e oferecendo meios alternativos de transporte, principalmente se levarmos em conta o péssimo serviço de transporte público que é oferecido e as elevadas tarifas.


Recentemente, em parceria com o Consórcio Metropolitano, que assumiu as linhas de transporte coletivo na cidade, a Prefeitura Municipal de Bayeux anunciou a instalação de abrigos de ônibus por toda a cidade. O que seria uma boa iniciativa, mas na prática o que se percebe é que as instalações vêm ocorrendo sem muito ou nenhum planejamento, em alguns pontos o abrigo foi colocado em calçadas irregulares.


Parece também que não se foi pensado na construção de rampas de acessibilidade para cadeirantes, desrespeitando, assim, um direito universal, de todos os cidadãos.


É perceptível o descompromisso dos gestores com a mobilidade urbana e, embora não seja uma problemática exclusiva de Bayeux, se faz necessário pensar em uma Política de Mobilidade Urbana.  Política esta que deve não apenas ser criada, mas também efetivada, priorizando o transporte público de massa, adotando medidas para a recuperação e pavimentação das vias, sobretudo nas quais trafegam os ônibus. Pensando também na criação de ciclovias e em tudo o que abrange a mobilidade urbana.


A cidade precisa crescer de forma organizada e garantindo aos cidadãos qualidade de vida.


                      


                             


 

FONTE: Nilberlandio Silva  
tags:
• cidade
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
272
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium